Lâmpada LED: 5 dicas sobre esse tipo de iluminação

lâmpada led

Todo mundo sabe que a época das lâmpadas incandescentes já foi! Faz mais ou menos 2 anos que esse tipo de lâmpada vem sendo retirada do mercado brasileiro por consumir muita energia em troca de pouca eficiência.

Mas, porque trocá-las por lâmpada LED? Convidamos Andreia Nakashima e Gilberto Alves, da empresa Sends Iluminação para dar algumas dicas sobre esse tipo de iluminação.

Iluminação com lâmpada LED vale a pena?

1. As lâmpadas LED não são muito mais caras?

Não exatamente, depende do fabricante e da potência. Mas é importante ter uma substituição correta de modelo de lâmpada equivalente a incandescente ou a mais apropriada para cada ambiente. O custo benefício tem destaque em sua vida útil, por ter grande durabilidade dificilmente irá precisar repor antes de 5 anos. Enquanto a incandescente tem uma vida útil em média 1.000h a lâmpada LED tem em média 50.000h.

O investimento é válido pois com a redução do consumo e a consequente queda da conta de energia elétrica paga-se a diferença em apenas 3 meses.

2. É verdade que o LED ilumina mais do que as lâmpadas incandescentes?

Sim, as lâmpadas incandescentes geram calor e alto consumo e não luminosidade.

3. A lâmpada LED esquenta como a incandescente?

Não. Ela tem uma temperatura de trabalho que gera um calor mínimo. Toda lâmpada de LED tem um dissipador de calor onde o mesmo gera um calor suportável ao toque.

4. Ela pode ser instalada em um soquete comum?

Sim, as lâmpadas LED oferecem os mesmos soquetes de encaixe de linguagem universal.

5. O LED não queima?

Queima, porém sua vida útil é mais longa. A lâmpada LED possui maior durabilidade que uma lâmpada incandescente.

Esperamos que a Sends tenha te ajudado a entender um pouco mais sobre as lâmpadas de LED! Confira outros posts no nosso blog, informe-se, inspire-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *